0

Uma breve história sobre o estilo Chopper

nada melhor do que curtir uma estrada ao melhor estilo Easy Rider

As Choppers podem ser consideradas não uma evolução do estilo Bobber, mas sim uma prima do estilo já que utilizam alguns princípios de customização muito semelhantes. Porém, o que difere entre estes dois tipos de customização são sos objetivos, enquanto as Bobbers tinham o objetivo de serem motos leves e rápidas para ganhar corridas, as Choppers nasceram como sinônimo de liberdade.

Para que correr de um ponto ao outro quando a melhor parte é justamente o caminho?

As Choppers podem ser consideradas não uma evolução do estilo Bobber, mas sim uma prima do estilo já que utilizam alguns princípios de customização muito semelhantes. Porém, o que difere entre estes dois tipos de customização são sos objetivos, enquanto as Bobbers tinham o objetivo de serem motos leves e rápidas para ganhar corridas, as Choppers nasceram como sinônimo de liberdade.

Existem relatos de que existiam alguns entusiastas do estilo Chopper desde a década de 20, no pós segunda guerra mundial em 1945 elas existiam em menor tendência em relação as bobbers. mas foi na Califórnia no final da década de 50 que o estilo passou a conquistar a América. O filme Easy Rider (1969) fez com que o estilo realmente atingisse a grande massa e se popularizasse.

Originalmente as Choppers se baseavam em motocicletas Harley-Davidson com os motores Flathead, Knucklehead e Panhead, geralmente conseguidas de motos militares e policiais compradas em leilões. As motos britânicas, em particular Triumphs, também tornaram-se populares  entre as primeiras Choppers.

Flathead Chopper por James Ville

No final da década de 1960, quando os fabricantes japoneses começaram a oferecer motores mais potentes, como o da Honda 750-4, rapidamente os construtores passaram a utiliza-los nas Choppers. Em geral, estas customizações priorizavam motores mais antigos refrigerados a ar. Ainda hoje é raro ver uma Chopper com um radiador.

Ao contrário das motos de performance, as modificações nas Choppers evoluíram para uma direção artística e estética, mesmo sofrendo influência direta das Drag Bikes. O estilo entrou em recessão com a entrada das motos japonesas esportivas no mercado americano, mas em meados dos anos noventas retornou a crescer e em 2.000, retomou o mercado das motos customizadas com os programas de televisão.

Joe’s 1947 Knucklehead Custom

Características Principais

A Chopper é uma moto que tem como característica principal um ângulo de direção avançado ou ângulo de caster positivo com suspensões dianteiras alongadas, conferindo a moto uma aparência alongada.

Para isso, utiliza-se garfos estendido, o que faz com que a roda dianteira esteja bem distante do condutor. Uma característica da moto é o quadro muito próximo ao chão e o famigerado “hard Tail” ou rabo duro (quadro sem amortecedor traseira). Outra característica marcante é o guidão “Ape”ou “Big Ape”, o conhecido “seca suvaco”. Porém, atualmente esta em alta as Choppers com Drag Bar, um guidão muito baixo e curto.

Uma outra característica da moto é o “sissy bar”, estrutura de encosto para garupa. Muitas Choppers acabam optando pelo Santo Antônio, estrutura utilizado para fixar mochilas.

Atualidade

Apesar de eu adorar as Choppers clássicas, não posso deixar de mencionar uma vertente que leva o estilo ao extremo. Com o boom industrial e tecnológico americano e esta paixão insana pelas customizações, as fabricações utilizando máquinas automatizadas de corte a laser, jato de água ou fresadora automática (routers), os acessórios exclusivos saltaram de patamar. Assim como a forte industria de motores de performance americana permite ter estas motos Choppers com motores V8.

Este estilo faz o seu? o que você acha da ideia de montar em uma Chopper e rodar as estradas pelo Brasil a fora? Deixe a sua opinião aqui em baixo! 🙂

Leave a Reply

Free shipping + free exchanges on all items!